01/09/11

Dois Irmãos


Oi pessoal!!

Obaa, que bom que vocês gostaram do novo visual do blog!
Essa coisa de mudar dá uma insegurança daquelas... Mas ainda bem que agora dá para salvar o modelo antigo no Blogger. Se fizermos alguma burrada, é só carregar o antigo novamente.
Mas abrir o blog e dar de cara com os autores diariamente está gostoso demais!!
Poder contar com a presença de vocês aqui então... nem se fala! \o/

Finalmente tem sol aqui! Não aguentava mais os dias cinzas... Hoje está lindo! Um frio de rachar, mas um belo céu azul e um lindo sol no céu!
Depois que terminar o post vou ir dar um trato na minha horta: http://www.flickr.com/photos/shamata/
Estou achando o máximo essa nova vida, mais natural. Dá trabalho morar em casa, cuidar de pátio, horta, etc. Mas, é bom demais!
Viver sem prédios em volta, respirar ar puro todos os dias, dormir em pleno silêncio e ver os meus cães felizes não tem preço. Para todas as outras coisas existe... hehehe

Enfim, chega de papo e vamos ao que interessa né?

Como eu havia falado para vocês, li Dois Irmãos do renomado autor brasileiro Milton Hatoum e fiquei encantada!
Vocês acreditam que eu não conhecia o autor?! Pois é... que tapada! Só fui conhecê-lo por causa da minha querida amiga blogueira Priscila, que é sua fã. :)
Depois de ver vários posts no blog da Priscila elogiando o autor, não resisti à curiosidade e peguei um livro na biblioteca da PUC-RS. O que eu tenho a dizer é que o autor acabou de ganhar mais uma fã!

Gente, ele realmente escreve muito bem!!

Os personagens são muito bem construídos e a trama é como uma colcha de retalhos. Aos poucos, as pontas começam a se unir e tudo faz sentido no fim.
A história se passa em Manaus, fato que adorei! Pouco conheço a cultura do local, então o livro foi uma pérola rara para mim.

Os personagens principais são Omar e Yaqub, gêmeos idênticos de personalidades muito diferentes.

Omar é vadio ao extremo e mimado pela mãe até não poder mais! Nunca teve uma responsabilidade na vida, só passa em festas e putarias (o "palavrão" também é dito pelo autor no livro).
Já, Yaqub, foi enviado ao Líbano aos treze anos. A mãe o enviou porque não aguentava mais as brigas intensas entre os irmãos. Sendo assim, foi criado longe da família. Voltou adulto, com mágoas e, ao mesmo tempo, determinado a ter uma vida melhor.
Yaqub foi para São Paulo estudar e tornou-se engenheiro.

No decorrer da história há muita emoção envolvida. Todos os personagens são profundos e com algo a dizer. Você consegue ter ódio e amor por eles a todo momento.

O livro desperta em nós vários sentimentos e nos deixa pensando por dias.
Foi devido a esse fato que ele entrou para os meus favoritos.

Amei Halim, o pai dos gêmeos. Segue uma de suas citações:
"Louca para ser livre". Palavras mortas. Ninguém se liberta só com palavras.
Um dia, eu lhe disse: Ao diabo com os sonhos: ou a gente age, ou a morte de repente nos cutuca, e não há sonho na morte. Todos os sonhos estão aqui.
Adorei a forma de o autor descrever os personagens! Olhem que perfeito!!
Ela descobriu um tipo de homem esquesito, Zanuri, que uma noite apareceu em casa. Era um rapaz esquisito mesmo, dissimulado, quase apresentado, quase sorridente, um tipo cheio de metades e quases, com um nariz enjambrado no rosto meio chupado. Uma figura que carecia de olhar, que é como carecer de alma. Um chapéu Panamá enlaçado por uma fita amarela, inclinado na cabeça, dava a ele um jeito quase cômico.
Quase porque era um ser incompleto da cabeça aos pés. Nem carnadura de homem esse Zanuri tinha. (fala do personagem Halim)
Também adorei o personagem Nael, o narrador da história.

Quando inicia o livro você não tem ideia de quem é o narrador. Aos poucos, você vai o conhecendo e se encantando.

“Cedo ou tarde, o tempo e o acaso acabam por alcançar a todos.”

Enfim, pelo tamanho da resenha vocês devem ter notado a minha empolgação né?
Quando a gente gosta de um livro fica difícil falar pouco.

Então, fica aí a dica!

Querem ler um livro maravilhoso? Peguem alguma obra do Milton Hatoum. Com certeza vocês não vão se decepcionar!

À noite eu volto para retribuir as visitas. Agora preciso ir lá para a minha horta, pois nunca se sabe quando o sol irá nos deixar... :s

Termino o post deixando a sinopse do livro para vocês:
"Dois Irmãos" é a história de como se constroem as relações de identidade e diferença numa família em crise. É a história de dois irmãos gêmeos - Yaqub e Omar - e suas relações com a mãe, o pai e a irmã. Moram na mesma casa Domingas, empregada da família, e seu filho. Esse menino - o filho da empregada - narra, trinta anos depois, os dramas que testemunhou calado. Buscando a identidade de seu pai entre os homens da casa, ele tenta reconstruir os cacos do passado, ora como testemunha, ora como quem ouviu e guardou, mudo, as histórias dos outros. Do seu canto, ele vê personagens que se entregam ao incesto, à vingança, à paixão desmesurada. O lugar da família se estende ao espaço de Manaus, o porto à margem do rio Negro: a cidade e o rio, metáforas das ruínas e da passagem do tempo, acompanham o andamento do drama familiar. Prêmio Jabuti 2001 de Melhor Romance.

Obs: "Dois Irmãos" é considerado por críticos o melhor romance dos últimos 15 anos. Teve adaptação para o teatro.


Avaliação:


Skoob:

16 comentários:

  1. Muito boa resenha Angélica é um clássico mesmo da literatura, eu não li, mas já tinha ideia da história.

    Outro clássico que eu gostei de conhecer, não lendo, foi o Guarda Roupa Alemão de Lausimar Laus autora Catarinense! ^^

    Beijooos

    ResponderExcluir
  2. Também não conhecia essa obra, tapada [2] hehe. Acho que não conseguiria viver longe da cidade grande, vou a passeio para lugares tranquilos e logo já fico entediada, vai entender né! Por incrível que pareça gosto do barulho, do movimento, aliás talvez não seja nem gosto e sim costume! Mais uma vez tá lindo o blog, muito bom gosto. Beijos!

    Crys Leite

    crysleite.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. O livro deve realmente ser ótimo, mas ... sei lá, não me chamou atenção sabe? Estranho uma resenha sua não me chamar a atenção pro livro, HDUAHSUAHSUA.
    Mas adorei a resenha e sua horta, hahahaha e seus gatos, awn *.* HSUAHSUAHUSHAUHS

    Beijos (:

    ResponderExcluir
  4. Angélica, quando li que você iria cuidar da horta, achei que era brincadeira, ou no máximo aquela da orkut... Depois é que vi a foto. Que demais!

    Quanto à resenha, já li esse livro há uns 4 anos, para meu primeiro vestibular, e também me encantei com a escrita do autor. O que ele deixa intrínseco na história mas que não nos dá certeza deixa um aspecto de "uau" no fim da história.
    Estou com outro livro do Hatoum para ler, espero gostar tanto quanto deste.

    Beijos
    Conjunto da Obra

    ResponderExcluir
  5. Também não conhecia esse autor :X aushasusah
    O livro deve ser realmente bom, contando que é considerado o melhor romance dos últimos 15 anos.
    O novo visual do blog está lindíssimo, ainda não tinha visto *-*
    Beeeijos

    Marina Oliveira
    http://distribuindosonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Angélica, sinceramente, é sempre um prazer vir aqui.Você capricha nas postagem, faz o nogóço ficar diferente.
    Acabei de ver as fotos, deve ser muito bom viver assim, com estes cães, gatos e pássaros ao seu redor, mas falta alguém ... você sabe ... ai vai ficar completo, um paraíso ... barulhento, mas um paraíso.
    Sabe que eu adoro comer tudo que é comida verde, aliás, qualquer cor, kkk, mas folha é muito bom, faz parte da meu cardápio mesmo. Então fiquei, literalmente, babando com sua rucula, brocolis, couve ... deve ter outro gosto, comer assim tirado na hora.
    Que coincidência nós termos lido este livro, Dois Irmãos, na mesma época! Também adorei o Halim, um personagem especial, mas o Nael, arrasou. Ele vai entrando na trama lentamente, quando a gente percebe o livro é todo sobre ele. Se eu tivesse lido este livro no tempo da facul, teria feito um trabalha incrível em cima dos personagens ou mesmo da trama.É um dos melhores livros que eu já li. Mas dizem que este não é o melhor livro dele, e sim, cinzas do Norte, que também ganhei do mesmo filho e ainda não li.
    Ufa, ufa
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Angélica, agora eu estou me sentindo tapada também nunca tinha ouvido falar desse autor.
    A capa eh pouco atrativa, mas sua resenha maravilhosamente empolgante me deixou muito curiosa.
    O melhor romance dos últimos 15 anos??? Então deve ser bom mesmo.

    Xero
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  8. Eu sou a Priscila, TÁ GENTE??? Hahahaha!

    E poxa, AMAY a resenha!! MARAVILHOSA!! E fico mais do que contente em saber que mais uma pessoa achou "Dois Irmãos" tão sensacional! Quando leio algum livro do autor, eu sinto como se ele não tivesse dificuldade alguma em escrever, é tudo MUITO natural. Passagens maravilhosas as citadas...aiaiaiaiaia sou fã para sempre, poderia apontar mil coisas que gosto em todos os livros que já li dele, haha (só falta um para acabar a coleção!)

    A Mônica comentou aqui sobre "Cinzas do Norte", e devo dizer que o clima é "outro" mesmo. A história é mais dinâmica, é bem diferente. Mas vale muito a pena você ler mais obras dele, pena que, como disse no seu outro post, ele tenha poucos livros escritos. Mas eles tem um lugar mais do que especial no meu coração!!!

    GRANDE BEIJO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    E fico MUITO feliz por ter gostado!!!

    Ps: VIDA BOA na horta, mas eu imagino no frio, deve ser muuuito tenso! E os seus bichinhos são LINDOS demais!! *babando, especialmente no Rottweiler*

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Nossa, que resenha ótima! Dá gosto ler e ver sua empolgação!rs

    Na verdade eu também não conhecia o autor, mas depois dessa resenha, vou procurar o livro dele para ler!

    Adorei a citação e a descrição do personagem!

    E adorei também o novo viasual do blog! Ótima idéia colocar os autores ai do lado!


    Beijoss

    ResponderExcluir
  11. Oie! Estava bem afastada da blogosfera e agora estou voltando! \o/ Adoro seu blog e não podia deixar de passar aqui. O blog tá todo mudado, levei um susto! Ele era daquele jeito desde sempre... pelo menos desde que eu conheço. Ah, simplesmente fantástica a foto de Clarice aqui do lado. Ela é minha diva eterna. Ah, e o Jostein? *-* E o Zafón também! Qua gosto excelente você tem!
    Poxa, também não conhecia esse Milton (sou tapada? rs). Fiquei curiosa com o livro, parece que te conquistou mesmo, e os trechos são ótimos!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha! Ainda não conhecia esse livro, mas me deu uma vontade lê-lo... *-*
    BJão =^.^=

    ResponderExcluir
  13. Nunca ouvi falar do autor =O
    Mas eu adorei sua resenha. Sua empolgação me contagiou tbm, e agora vou procurar um livro do autor pra ler. Na verdade vou procurar esse mesmo, porque eu gostei da história e quero ler.
    Adorei as fotos da horta *-*
    Bjo

    ResponderExcluir
  14. Oi ,
    Tem Promoção nova rolando la no blog se quiser participar.
    Bjks
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá querida ^^

    Não tenha dúvidas que o layout do seu blog ficou bom, pois ele está realmente ótimo (estou repetindo isso novamente)! Os autores com as citações ditas por cada um embaixo, deram uma identidade própria ao seu cantinho, e adorei ler as frases e palavras ditas por eles, realmente uma ótima sacada da sua parte, ainda não havia visto nada assim!! ^^

    Também não conhecia o Milton Hatoum mas gostei da dica, o autor parece ser bem inteligente com uma escrita própria e diferente! Uma história ambientada em Manaus deve dar um toque peculiar a obra!

    Ah e imagino como ser super agradável a sua horta, viver respirando o ar puro, com cachorros, plantas e a natureza ao redor, regada por um vinhozinho aqui e ali e uns livros maravilhosos para passar o tempo!! :)

    Beijo!!

    ResponderExcluir
  16. Eu nem conhecia o autor, muito menos o livro, mas depois de ler a resenha só tenho a dizer que estou super empolgada para lê-lo *-*
    É bom ver que nosso país está bem servido de autores talentosos como Milton!
    Parabéns pela resenha!!! Tenho conhecido muitos livros bons por aqui!!

    ResponderExcluir

Comente, participe dos bate-papos que rolam por aqui!!