8.11.11

4 de julho

Depois de duas semanas punks de muito estudo para a prova da residência (que eu acho que não passei mesmo assim :s), depois de uma semana de cama por causa de uma baita gripe com direito à febre e depois de duas novas tattoos (hihihi! Apesar de uma estar doendo agora) e de muitas visitas atrasadas, estou de volta. \o/

Estou com comentários atrasados para responder, resenhas atrasadas... Nesta semana vou dar uma geral, senão vocês vão começar a passar por aqui para atirar pedras, pichar, escrever obscenidades e coisas do tipo. Então, antes que esse tipo de comportamento acabe se tornando rotina, é melhor eu colocar as coisas em dia com vocês. :p

Enfim, hoje vou falar sobre o livro “4 de julho”, de James Patterson, que a maioria já ouviu falar.

O livro é um suspense policial que, assim como outros livros do autor, é eletrizante!

É o tipo de livro que você lê a metade em um dia e a outra no outro, pois não consegue parar de ler.

Quando precisa fazer pausas para comer, ir ao banheiro ou dormir, fica de cara com esse tipo de interrupção biológica. Ouvi falar que algumas pessoas levaram o livro até para o banheiro! Bom, se isso é verdade eu não sei. Só sei que nunca vou pedir livros emprestados para essa pessoa...

Chega de papo furado... A história do livro é sobre Lindsay Boxer, que é policial há dez anos, chefe do Departamento de Homicídios da Polícia de São Francisco, e se mete em uma enrascada.

Ela, juntamente com o seu parceiro, saem em perseguição a um carro que eles acreditam que seja de um assassino em série e acaba acontecendo um inesperado tiroteio.

No tiroteio, o parceiro de Lindsay é atingido e ela leva um tiro de raspão.
Para se defender dos disparos, Lindsay atira nos autores dos tiros e se mete em uma encrenca enorme, pois eles são menores de idade e um deles acaba morrendo.

Em vista disso, acaba ocorrendo um julgamento no qual Lindsay será a réu.

Enquanto isso, os assassinatos em série continuam a acontecer e Lindsay continua a investigação, mesmo estando afastada do caso.

Eu não posso falar muita coisa na resenha, para não entregar o ouro ao bandido. Isto é, se eu falar mais ou escrever alguns detalhes que eu não quis mencionar, terá spoiler e isso é inadmissível aqui no blog! O.O

Então o que eu posso dizer é que o livro realmente é legal!

Prende a atenção do início ao fim e você fica surpresa com o final.

No entanto, como acontece em outros livros do autor, acho os personagens muito superficiais. Nenhum deles me conquistou e achei algumas partes da trama meio forçadas. Não me convenceu, sabe?

Mas, isso é opinião minha... Para saber se você irá gostar, só lendo!

De um modo geral, gostei do livro.
Adoro leituras rápidas e cheias de suspense!

Então, para quem curte livros policiais, fica aí a dica!

4 de julho é uma leitura envolvente, repleta de muita ação. Recomendo!!

Avaliação:


Skoob:

Sinopse:
Lindsay Boxer é uma policial exemplar. Chefe do Departamento de Homicídios da Polícia de São Francisco, a tenente recebeu várias medalhas e menções honrosas durante seus 10 anos de serviço. Ao fim de um cansativo dia de trabalho, Lindsay se encontra com Claire Washburn e Cindy Thomas num bar. As três amigas compõem o Clube das Mulheres contra o Crime, grupo que tenta solucionar os casos ocorridos na cidade. Após alguns drinques, a tenente recebe uma ligação do inspetor Warren Jacobi. Ele acaba de localizar um veículo suspeito, visto na cena de um crime. Em poucos minutos Lindsay está no carro de Jacobi, cruzando a cidade na cola de um Mercedes preto. Depois de uma longa perseguição, a abordagem policial acaba fugindo do controle. Os dois adolescentes que estavam no carro reagem, descarregando suas armas contra a dupla de policiais. A tenente atira em legítima defesa, mas o resultado é uma menina morta e um garoto tetraplégico. Lindsay é acusada, entre outras coisas, de má conduta profissional e se vê num lugar que nunca imaginaria ocupar: o banco dos réus. Será o fim do Clube das Mulheres contra o Crime? A jovem advogada Yuki Castellano conseguirá provar a inocência da tenente? Enquanto aguarda o julgamento, Lindsay decide passar uma temporada em Half Moon Bay. Mas a pacata cidade vem sendo palco de crimes brutais e a polícia parece não fazer nada. Mesmo de licença e fora de sua jurisdição, a tenente resolve investigar os assassinatos, com a ajuda de Claire e Cindy. Para sua surpresa, ela encontra ligações entre aquelas mortes e um caso ocorrido 10 anos antes, que ainda é uma mancha em sua carreira. O Clube das Mulheres contra o Crime é uma das melhores séries de suspense de todos os tempos. Escrito de maneira ágil e envolvente, 4 de Julho comprova por que os livros de James Patterson sempre chegam ao topo das listas de mais vendidos nos países onde são publicados.


Confira mais detalhes e leia os primeiros capítulos no site da Editora Arqueiro: AQUI

21 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Angélica! Já li 4 de Julho e curti bastante. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Marresenha e não, não iremos pixar teu blog kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

    Quanto a musuca do meu blog, acho que nao é do filme não, mas posso estar enganada e as suas dicas são maravilhosas! Vou baixar pra mim, não conhecia!
    Valeeeew!

    Ps: Mostra as tatoos hehehe

    ResponderExcluir
  3. Só tive vontade de ler aquele romancezinho dele q eu recebi da Arqueiro, o Diário de Suzana para Nicolas rsrs...
    Os outros não me chamaram a atenção, apesar de gostar de romances policiais.

    Ps: mostra as tattoos [2] rs

    Bjos
    Mayara
    http://frozenlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oii Angélica, tudo bem?

    Haha, que bom que você voltou!

    Esse livro parece ser bem bacana!

    Eu ainda não li nenhum livro desse autor, mas adoro livros de ação e suspense!

    Só acho que a história pode ser muito boa, mas personagens bem feitos fazem toda a diferença ne?

    Beijosss

    Lana
    Hunters Culture

    ResponderExcluir
  5. eu amei tbém!!!!!!!!! *_*

    saudades de vc querida!
    bj

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho vontade de ler os livros do autor, ainda não conheço, mas os elogios são bem mais comuns que as críticas. Além disso, adoro esse estilo de leitura. Apesar de você não contar muito sobre a história, o fato de citar que a gente prende a respiração do início ao fim já me agrada ^^

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Fiquei com essa sensação do último livor que li do Harlan, que os personagens não me convenceram, e isto é tão ruim :X

    Adorei a resenha....


    Beijo,
    Lariane - www.leiturasedevaneios.com.br

    ResponderExcluir
  8. Tenho muita vontade de ler um livro do autor. Todo mundo fala bem! Ou quase bem, HUAHAUH.
    Sua cartinha chegou sim! Adoooorei tudo! O bilhetinho, os marcadores, as folhinhas e os adesivos de cachorro, awn. HAUHAU. Amei!

    Beijos, Bárbara.

    ResponderExcluir
  9. Oi Angélica!
    Obrigada pela visita ao Blog."Momentos de Leitura."
    Você será sempre bem vinda!
    Não conhecia este livro.... Gostei muito da sua Resenha! Parece um bom livro....
    Abraços...
    Seguindo no Twitter e no Face!

    ResponderExcluir
  10. Oi amiga,
    Realmente, sinto sua falta.Mas a gente também tem outra vida aqui do lado e temos que nos dividir. Eu já li este livro e sei o que você quer dizer: o livro é bom, mas é fraco.Li este livro e compartilho com você a mesma opinião.
    bju

    ResponderExcluir
  11. Já havia lido algumas resenhas sobre 4 de julho e estou interessada na leitura, eu sempre gosto de ler sobre minhas próximas aquisições para saber o que esperar mais o menos delas e achei sua resenhas ótima para não chegar com cede ao pote (não gosto de personagens sem personalidade kkkk) e ler tranqüila. Beijooooos!

    ResponderExcluir
  12. Nunca li nada do autor, mas adoro romances policiais e esse parece bem eletrizante. Fiquei interessada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Angeliiica :D

    Nossa, preciso ler esse livro urgente!!
    Todo mundo que leu disse que é eletrizante, será que tb vou gostar?? *-*


    Beijos
    Rapha - Doce Encanto

    ResponderExcluir
  14. Esse livro deve ser uma loucuraaa ehueheu! Nossa, a resenha ta otima, quero muitooo! X

    ResponderExcluir
  15. Comecei a resenha achando que voce daria 5 estrelinhas, mas aí fui lendo e percebi que apesar da historia ser daqueles de voce nao querer desgrudar existiram algumas falhas que tiraram um pouco da emocao. Me lembrou Quando ela se foi de Harlan Coben, tinha tudo pra dar certo mas nao deu.

    Nunca li nenhum livro desse autor e mesmo nao sendo um optima livro fiquei bast ante curiosa pra ler.

    Beijos, Caline
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  16. Oie Angélica, amei seu blog e já estou seguindo!
    Obrigada pela visitinha e coment no meu.
    Eu quero muito ler este livro, especialmente porque 4 de julho é meu niver...rs
    bjos

    Jack do My book lit

    ResponderExcluir
  17. Oi Angélica!!
    Aah queria ver fotos das suas tatuagens *-*
    Eu não tenho nenhuma, mas adoro ver as dos outros!
    Ainda não li nenhum livro do Patterson, mas tenho muita vontade. Apesar dos personagens superficiais, a história parece ser bem dinâmica.
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  18. Eu estou simplesmente louca para ler esse livro, tenho ouvido falar tão bem dele que fico cada vez mais ansiosa para ter ele em minhas mãos. Ruim quando nenhum personagem nos prende, isso atrapalha a história mesmo, mas acho que a maior parte dos romances policiais sempre tem alguma coisa bem exagerada né?
    Como que foram as tattoos? Doida para fazer mais duas também ^^ e dar uma retocada na que já tenho.

    Bjsss
    www.frozenlivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Já li varias resenhas desse livro
    Mas nenhuma me chamou atenção
    Acho que não são as resenhas que me agradam e sim o livro ...
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi Angélica,
    Eu demorei mas tinha que ler essa sua resenha de 4 de julho do James Patterson, simplesmente porque eu estou numa fase de encantamento com esse autor rs

    Pelo visto você gostou do livro e parece ser um suspense bem eletrizante mesmo, daqueles que não dá vontade de parar - nem pra ir no banheiro realmente rs - mas confesso que me surpreendi a respeito dos personagens superficiais, vai ver que o autor não estava tão inspirado no momento, ou vai ver que o ápice da inspiração dele veio com o Diário de Suzana Para Nicolas rs Mas sendo esse romance lindo o primeiro livro que eu li dele, a impressão que ficou - afinal, a primeira impressão a maioria das vezes é mesmo a que fica - é que esse autor é incrível. E mesmo depois dessa sua experiência boa com ele, porém não excelente devido ao "porém" que você ressaltou a respeito do livro, só posso te aconselhar a experimentar ler esse outro, pra tirar essa impressão de vez! Pois de superficiais os personagens do livro que eu li, não tem nada rs - eles são incríveis =)

    Quero muito ler outros do autor, inclusive esse da sua resenha, mesmo que os personagens não sejam o forte nessa história, pelo visto o enredo parece ser bem interessante! ^^

    Beijão, querida!

    ResponderExcluir
  21. Oi Angélica,

    Confesso que nunca tive interesse em livros policiais,mas vejo todo mundo falando bem
    que estou curiosa!

    Beijos
    Te espero no meu cantinho Blog Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir

Comente, participe dos bate-papos que rolam por aqui!!