27.8.12

A Bússola de Ouro

Oi gente!

Estou em uma fase daquelas, em que o cansaço toma conta e, sendo assim, me afasto do blog e da internet de um modo geral. :/
Mas, como terminei de ler um livro muito bacana, me empolguei e vim correndo postar a resenha para vocês! \o/

Gente, isso sim que é um livro de fantasia!

Nossa, é muito legal!

Você se depara com ursos falantes, daemons, feiticeiras e o “”.

Ahh, o pó... Que pó é esse? Só lendo o livro A Bússola de Ouro, de Philip Pullman, é que você vai descobrir!

E se você acha que está por dentro de tudo, porque assistiu ao filme, pode ir tirando o cavalinho da chuva! Pois, o filme, é bem diferente do livro!

A história começa quando Lyra, uma menina de 11 anos, que mora na Universidade Jordan, se esconde dentro de um armário na sala privativa e escuta uma conversa que não deveria.

Através de uma fresta no armário ela vê imagens, que o seu tio mostra aos visitantes, da aurora boreal.
Mas o problema é que a aurora boreal não é apenas aquele fenômeno que todos conhecem, é a possibilidade de se conhecer mundos paralelos ao nosso!
Na foto, em que o tio de Lyra mostra, dá para ver nitidamente as formas de uma cidade além da aurora boreal comprovando, assim, que ela é na verdade um portal!
O problema é que para ativar o portal, eles precisam de “pó” e é essa pequena palavra que intriga Lyra e que faz com que crianças comecem a desaparecer misteriosamente.

A partir daí Lyra quer desvendar o mistério do pó e quer encontrar as crianças desaparecidas.
Na cidade, onde ela mora, rolam os mais variados boatos. Uns dizem que as crianças são sequestradas por seres que as comem, outros dizem que as crianças são levadas para serem utilizadas em experimentos e, outros mais audaciosos, afirmam que as crianças somem porque elas possuem o pó em seus corpos.

Mas Lyra, que é uma menina muito esperta, inteligente e aventureira, resolve descobrir por conta própria o que aconteceu com as crianças desaparecidas. Ela toma essa atitude, principalmente, porque o seu melhor amigo chamado Roger também foi sequestrado!

Porém, antes de partir, Lyra recebe um presente muito especial de um catedrático da Universidade. Um aparelho dourado muito estranho que se parece com um relógio.
No entanto, ao invés de marcar as horas, os ponteiros oscilam o tempo inteiro e apontam para gravuras em vez de números.


Lyra, no início, pensa que o objeto está estragado. Mas, com o tempo, aprende a usá-lo e descobre que o objeto é uma bússola. Não uma bússola qualquer, mas, sim, uma bússola que além de mostrar o melhor caminho a seguir, mostra o futuro.

E é assim que ela, o seu daemon e a bússola partem rumo a uma grande aventura!



*** Aposto que você deve estar criando um tumor no cérebro de tanto tentar descobrir o que é um daemon. *** Então para com isso porque vou explicar!

Toda pessoa tem um daemon. É como se fosse um animal totem.
O daemon é um animal que o acompanha o tempo todo, que é interligado com você.
Ele não pode se afastar do seu humano por longas distâncias, com exceção dos daemons das feiticeiras.
E se o seu daemon sente dor, você também sente e vice-versa.

O daemon das crianças pode se transformar o tempo inteiro. Uma hora ele é um tigre e, em outra, é um inseto. Tudo depende da necessidade.
Já, o daemon de um adulto, possui apenas uma forma. Ele não consegue mais se transformar e a sua forma definitiva é a do animal que possui as características mais parecidas com as do humano em questão.

Bom, através desses detalhes, vocês conseguem notar o quanto o livro é fantástico (nos dois sentidos da palavra)!

Além da aventura e da fantasia, Pullman aproveita para fazer críticas à Igreja Católica e nos faz refletir sobre algumas questões...

A Bússola de Ouro é o primeiro livro da trilogia que se chama Fronteiras do Universo. O segundo livro se chama Faca Sutil e o terceiro A Luneta Âmbar.

Quando cheguei ao fim de A Bússola de Ouro, fiquei doida para pegar o segundo livro e ler na sequência. Pois, você fica muito curiosa (o) para saber o que vai acontecer com Lyra em sua jornada.

Enfim, super indico!!

Apesar de ser uma leitura voltada ao público infanto-juvenil, acredito que os barbados de plantão vão gostar bastante também. Eu adorei!

Se você gosta de livros de fantasia, A Bússola de Ouro é leitura obrigatória!

Avaliação:


Skoob:

Sinopse:
No primeiro volume, "A Bússola Dourada", Lyra enfrenta uma arriscada jornada ao extremo Norte para salvar Roger, seu melhor amigo, e outras crianças de terríveis experiências científicas que as separam de seus daemons.

Boa semana pessoal!! :) 

18 comentários:

  1. Eu amei esse livro, aliás, a trilogia toda. O filme tb achei muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Adorei ler essa resenha super empolgada, rs... Suas resenhas são ótimas. Vou dar uma olhada nessa trilogia!

    abraços,
    Luciana
    http://folhasdesonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha Angélica! Já li As Fronteiras do Universo e curti bastante. Beijos!

    ResponderExcluir
  4. eu amo amo amo os livros do Phillip Pullman, apesar de até hoje não ter terminado a trilogia Fronteiras do universo. realmente, ISSO QUE É FANTASIA hahahaha! em todos os sentidos é perfeito, em descrição, em mitologia, em narrativa, em personagens.. é tão vasto e rico e lindo ♥ uma judiação a cagada que fizeram ao adaptar o livro pro cinema. :(

    ResponderExcluir
  5. A Bússola de Ouro é um dos melhores livros do gênero que eu já li até hoje. Entendo sua empolgação porque também fiquei assim, completamente encantada. Esse livro é fantástico, infelizmente o filme foi uma completa decepção. Passe longe dele.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  6. Eu já li toda a trilogia e ela é perfeita! Linda demais!
    O filme não chega nem aos pés do livro.
    Eu já fiz a resenha dele no blog. Dá uma olhadinha ^^

    Luiza Helena Vieira
    Obsession Valley
    http://obsessionvalley.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Angélica, esse livro é incrível!! Leia logo a trilogia toda, a história é perfeita!!!!

    =)

    ResponderExcluir
  8. Fantasia não é muito a minha praia, rsrs.
    Mas meu esposo viu o filme e gostou muito.

    Bjoo.

    ResponderExcluir
  9. Não é a toa, que pretendo ler esse livro.
    A começar pela sua sinopse que é magnifica e com uma resenha dessas, ai que eu fico com vontade de ler logo essa trilogia. Já, assisti ao filme e gostei, mas tenho certeza que não se aproxina do livro. Ótima resenha!

    Lucas / Era uma vez

    ResponderExcluir
  10. Angélica parabens pela resenha! Fiquei super empolgada para ler o livro e saber desse pó e o por que das crianças sumirem (apesar que acho esse terceiro boato, das crianças terem o pó, bem atraente para uma leitura cheia de segredos, rsrs). Já vou adicionar na minha lista =D

    Bjs

    daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  11. Sua resenha me empolgou muito para ler esse livro. Ele está na minha lista há um tempo, mas nunca fui atrás realmente de comprar. Acho que você me fez acordar e ir logo atrás de lê-lo! hahaha! Adorei sua resenha! :)

    Beijos!
    www.desejoliterario.com

    ResponderExcluir
  12. Oi flor,
    Li esse livro ha muiotoooo tempo atras..eheehh. vi o filme antes e depois fui ler o livro e sim posso dizer que me agradou mais por causa dos daemon mesmo eheheh...apesar de não ser fa de fantasia esse e um dos livros que eu recomendo muito para quem gosta do genero.
    Bjss
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa

    ResponderExcluir
  13. Olá Angélica!
    Já tive a oportunidade de assistir o filme A Bússola de Ouro e curti muito, principalmente na questão dos daemons não mudarem mais de forma nos adultos - isso nos dá um perfil psicológico muito profundo dos personagens -, realmente a ideia foi bem bolada.
    Eu em contra partida descobri que minha sogra ao invés de um daemon tem um "demon" de totem...kkkkkk
    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  14. Gosto muito de fantasia e me interessei por este livro, tem uma série que é parecida com esta mas que agora me faltou memória para lembrar e citar aqui. :)

    ResponderExcluir
  15. Oi amiga, voltei com tudo!
    Ainda não li nada dessa série, apesar de não ler muito este tipo de livro, eu sei que eles são maravilhosos e quando se começa a ler não se consegue mais parar.
    Sua resenha esta emocionante. Linda!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Ola!!!

    Nossa, esse livro parece ser fantástico! Eu já tinha ouvido falar dele, e me pareceu interessante, mas agora deu mais vontade de ler!
    Fiquei bastante interessada na parte sobre os Daemons! Deve ser muito bacana ter sempre ao seu lado e é interessante o fato de quando a pessoa se torna adulto, o daemon ter as caracteristicas do animal que mais se parecer com o humano! Adorei!

    Beijosss

    Lana
    Hunters Culture

    ResponderExcluir
  17. Acabei de perceber que no meme dos pecados literários essa série se encaixaria perfeitamente na INVEJA kkkkkk Tinha esquecido o quanto eu sou louca para lê-la, só não comprei ainda porque sempre encontro pelo olho da cara!
    Fico feliz em saber que não é igual ao filme - e também porque faz tempo que assisti e não lembro quase de nada - porque é mais um incentivo pra eu querer comprar e começar a ler logo!
    Deve ser literalmente fantástica, a história é muito rica e pelo visto, perfeitamente bem elaborada! Só é uma pena que por causa dos protestos nos EUA tenha desistido de fazer a sequência do filme, justamente por conta dessa crítica à Igreja Católica. O povo parece que ainda vive na idade da pedra!
    Enfim, beijocas!!

    ResponderExcluir
  18. Olá Angélica. Acredite se quiser, mas tenho alguns colegas escritores que recusaram a produção cinematográfica de seus livros. Outros estão em analisando as propostas pois geralmente as produtoras fazem investimento pequeno na produção dos filmes - pense então nas produtoras nacionais...kkkk-
    Imagina o custo que ficou para produzir a bússola de ouro - olha só o trabalho de criar um daemon para cada pessoa -, isso fora outros efeitos especiais; e mesmo assim não foi a contento.
    Fazer o que... E eu aguardando para ver O Símbolo Perdido nas telinhas, apesar de achar que o Langdon - nessa jornada do herói - não passou por nenhuma transformação em todos os livros do Mr. Brown... Um forte abraço!

    ResponderExcluir

Comente, participe dos bate-papos que rolam por aqui!!