30.10.12

As vantagens de ser invisível

Gente, que livro maravilhoso!

Todo adolescente deveria ler este livro!

Trata de temáticas polêmicas como sexo, drogas, aborto, homossexualismo, violência, entre outros, sem ser vulgar ou clichê.

O autor Stephen Chbosky consegue abordar esses assuntos com leveza e, ao mesmo tempo, de forma envolvente e realista.

Para mim, foi como se estivesse lendo uma versão mais moderna de O apanhador no campo de centeio. Com a diferença de que a história é mais comovente (ao menos para mim) e o personagem principal é mais cativante.

A história é sobre Charlie, um garoto de 15 anos diferente. Ele costuma se isolar, não tem amigos e possui um pensamento quase que filosófico.

Charlie entrou para o primeiro ano do ensino médio e decidiu que precisa mudar a sua vida! E o primeiro passo para isso será fazer alguma amizade.

Então, em um jogo de futebol, em que Charlie vai assistir, ele faz amizade com Patrick e com sua meia irmã Sam. A partir daí sua vida começa a mudar radicalmente.

Charlie começa a mudar e a deixar de ser um menino inocente e infantil. Começa a ir a festas, namorar e, inclusive, experimentar drogas.
Mas, por mais que Charlie tente ser um garoto normal, ele continua sendo diferente e introspectivo.
E, somente no decorrer de suas cartas, é que você vai conhecê-lo melhor.

"Então, esta é minha vida. E quero que você saiba que sou feliz e triste ao mesmo tempo, e ainda estou tentando entender como posso ser assim." Charlie

O livro é formado pelas cartas que Charlie escreve a um amigo, que somente no fim você irá saber quem é.
É através dessas cartas que Charlie fala sobre a sua família, suas angústias, medos e sonhos.

Charlie é um devorador de livros nato! Fato que o seu professor de inglês admira e estimula, emprestando livros (maravilhosos!) a ele.
Então, durante a leitura, você se depara com várias citações e dicas de livros. Eu simplesmente amei isso!

Charlie é alguém muito complexo e, por isso, muito real.

Para dizer a verdade, acho que Charlie é o personagem adolescente mais real que já vi em um livro voltado ao público teen. É impossível você não se identificar com ele em alguns momentos e não se emocionar em outros.
Os personagens secundários também são muito bem trabalhados! Adorei os amigos de Charlie e a sua família.

A história prende a atenção do início ao fim. E a narrativa do autor é muito gostosa!
Por várias vezes me senti melancólica e, também, nostálgica.

Quando terminei a leitura chorei, pois Charlie conseguiu me tocar e me fazer sentir “infinita”.

Enfim, leiam leiam leiam leiam leiam!!!

Principalmente se você for adolescente!

Mas, mesmo que você não seja mais um adolescente, duvido que não se emocione ou não se identifique com Charlie em algum momento.

Esse garoto é tudo de bom!

"Mas, principalmente, eu estava chorando, porque, de repente, tive consciência do fato de que eu estava de pé em um túnel, com o vento batendo no meu rosto. Não importava que eu visse a cidade. Nem mesmo que eu pensasse nisso. Porque eu estava de pé no túnel. E eu realmente estava ali. E foi o suficiente para que eu me sentisse infinito." Charlie

As vantagens de ser invisível é o livro adolescente mais tocante e sincero que já li!
Super recomendo!

Avaliação:


Skoob:

Sinopse:
Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, o livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.
As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.
Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.

Filme:



Já está passando no cinema e, como o diretor é o próprio autor do livro, acredito a adaptação seja muito boa! Segue abaixo o trailer:


Até mais galera!

Não esqueçam de comentar. Nada de ser invisível por aqui! :p

26.10.12

Starters

Oi gente!

Finalmente um novo post por aqui! \o/ Pois, hoje, é dia de divulgarmos o ganhador do sorteio do kit Starters. Então, para fechar a promoção com “chave de ouro”, vamos à resenha do livro! :D

Mas, antes de iniciar a resenha, acredito que os queridos leitores do blog merecem uma explicação a respeito do meu sumiço.

Estou em uma fase de fechamento de estágios e campos, e início de outros, na Residência. Além disso, tenho que entregar o meu projeto de pesquisa até o fim de novembro. Em vista disso, a minha vida está uma loucura. Somado a tudo isso, tem o estresse e o cansaço do dia-a-dia. Então o máximo que consegui fazer, nos últimos dias, foi ler os comentários de vocês. Mas, infelizmente, ainda não consegui retribuir nenhum. :( Então só me resta pedir desculpas por essa ausência necessária e contra a minha vontade. :s

Na verdade, estou doidaaa para saber as novidades e ver o que tem acontecido nos blogs literários!! Espero conseguir visitar alguns blogs nesse fim de semana e saciar a minha sede! :D

Quanto ao livro Starters, faz um bom tempo que nenhum livro teen consegue me prender tanto quanto esse! Quando comecei a leitura, não consegui desgrudar até chegar ao fim! Achei o livro viciante!



A trama é meio maluca, do tipo, as pessoas vivem até uns 300 anos de idade e os adultos não existem mais. Sim, é isso mesmo!

Aconteceu uma guerra biológica e os adultos não sobreviveram, pois não haviam sido vacinados. Ao contrário dos jovens e dos idosos que, por pertencerem ao grupo de risco, receberam a vacina. E, assim, ironicamente, acabaram sobrevivendo à guerra.

Em vista disso, há inúmeros jovens e crianças sem lar, vivendo escondidos em casas e prédios abandonados. Pois, se eles forem pegos, podem ir para um lugar nada legal que não vou revelar. :p

Mas o principal da história é que os idosos agora podem alugar corpos! Isto é, pessoas de duzentos e poucos anos, podem alugar o corpo de um adolescente para voltar a ter energia, vitalidade e, assim, retornar a essa época da vida repleta de festas e curtição.

E é assim que Callie, de 16 anos, vai acabar colocando o seu corpo para alugar...

Callie está morando em um prédio abandonado e necessita urgentemente de dinheiro para sustentar e pagar o tratamento de saúde de seu irmão, de 6 anos, que vive com ela.

No entanto, o que parecia ser um dinheiro fácil e garantido, acaba trazendo grandes problemas para Callie.

Não vou falar mais nada sobre a trama para não estragar o suspense.

Mas o que eu posso falar é que, a cada fim de capítulo, você fica querendo mais. E, quando o fim do livro chega, uauuu! Preciso da continuação logoooo!

Gostei bastante de Callie, pois ela é cheia de atitude e determinação. Por alguns momentos, é meio tosca e tem umas paixonites adolescentes. Mas, na maioria das vezes, Callie é tudo de bom! \o/
Ainda bem né gente? Pois, chega de mocinhas chatas e sem sal.

A narrativa da autora Lissa Price é muito gostosa! Você termina a leitura rapidinho, pois não consegue largar o livro.

Só não dei cinco estrelas na avaliação, porque gostaria que mais coisas tivessem sido explicadas na história. Mas, acredito, que teremos maiores revelações no decorrer da trilogia.

Enfim, super indico!

Principalmente ao público jovem que curte distopia e muita ação! :D

Avaliação:


Skoob:

Sinopse:
Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado...
Diagramação:

A Editora Novo Conceito arrasou com essa capa!
É toda prateada, cheia de "conexões" e chips em alto relevo. Muito legal!

Para mais informações sobre o livro, entre no site da NC. Você poderá assistir ao Book Trailer e muito mais!
E, se você quiser ler o e-book Retrato de uma Starter, que é uma introdução ao livro, basta entrar no blog da editora. Vale a pena conferir!


* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * 

RESULTADO DO SORTEIO

Bom, agora que você já sabe quase tudo sobre a obra, então corra para ver quem irá levar um kit lindão da Novo Conceito para casa!

O nome da ganhadora já está aparecendo lá no Rafflecopter. CLIQUE AQUI para conferir o resultado da promoção!


Bom fim de semana pessoal!!! \o/

13.10.12

O Resgate do Tigre

Mais uma resenha chegando!! \o/

Aposto que a maioria conhece ou já ouviu falar neste livro! :D

O único problema é aquele velho que vocês estão carecas de saber... Não gosto muito de livros teens,  costumo achar as histórias muito bobas, então dificilmente a minha avaliação é muito boa quando se trata desse tipo de leitura.

No entanto, quando li A Maldição do Tigre, apesar de achar o romance exatamente igual ao dos outros livros adolescentes, em que a mocinha fica dividida entre dois irmãos – um bonzinho e o outro mau - de um modo geral, gostei da história. Pois, achei a trama criativa e adoro histórias que se passam na Índia.

Em vista disso, eu estava louca para ler O Resgate do Tigre para ver como seria o desenrolar dessa aventura indiana! Mas acho que comecei a leitura com grandes expectativas e acabei me decepcionando bastante.

Primeiro, porque a Kelsey (protagonista principal) se tornou uma menina muito chata. :/

E, em segundo, achei tudo muito forçado. A garota se tornou mais poderosa que a Afrodite. TODOS os caras  (cinco) que aparecem no livro se apaixonam perdidamente por ela. Fala sério, né? Isso me irritou muito.

Não vou entrar em detalhes sobre a história, porque algumas pessoas ainda não leram o primeiro livro.

Mas, para vocês entenderem um pouco a trama, vou explicar por alto: a história é sobre dois irmãos que foram amaldiçoados há mais de 300 anos. Um foi transformado em um tigre branco (Ren) e o outro em um tigre negro (Kishan). Para quebrar a maldição, eles precisam unir vários artefatos lendários indianos. E, para isso, contam com a ajuda de seu mentor Sr. Kadan e de Kelsey, a garota pela a qual os dois irmãos estão perdidamente apaixonados.

Em O Resgate do TigreKelsey volta aos EUA para tentar retomar a sua vida normal. Lá, resolve sair com outros garotos para se "testar" se realmente ama Ren, o tigre branco, e até mesmo para tentar esquecê-lo. Pois, ela acredita que ele é "muita areia para o seu caminhãozinho". Mesmo o cara tendo se declarado umas mil vezes para ela. O.o

A menina passa o tempo INTEIRO chorando por Ren e pensando apaixonadamente no cara; chega a ser irritante. E, então, mesmo assim, precisa sair com outros garotos para verificar se ama Ren!! Sim gente... Por mais sem sentido que isso seja, é exatamente o que acontece. :s

No entanto, quando Kelsey menos espera, Ren vai para os EUA e corre para os seus braços.
Nesse meio tempo, alguns fatos acontecem e eles ficam com medo de que o inimigo esteja de volta. Em vista disso, Kishan, o tigre negro, também vai para os EUA para ajudar Kelsey e Ren.

E, então, começa tuuuudo novamente... Kelsey dividida entre os dois irmãos.

Mas um fato inusitado acontece. O inimigo realmente está de volta e depois de uma grande luta, consegue sequestrar um dos tigres.

Então, Kelsey e um dos irmãos (não vou dizer qual, hihihi) voltam às pressas para a Índia e farão de tudo para resgatar o tigre!

Sinceramente, acho que a autora se perdeu nesse livro. Como decidiu que a trilogia iria virar série, resolveu enrolar até não poder mais. Foi essa a minha impressão...

Realmente não consegui gostar da história e achei o final muito fraco.

Para mim, o que salvou a história foi a aventura vivida na Índia. Mas, mesmo assim, a aventura do primeiro livro foi bem melhor.

Enfim, se você é fã de livros teens, com bastante aventura e triângulos amorosos água com açúcar, provavelmente, irá gostar de O Resgate do Tigre.

No entanto, se você tem mais de 18 anos e espera "algo mais" na leitura... pode se decepcionar.

Portanto, indico a leitura principalmente ao público jovem.

Mas, mesmo com esses "poréns", pretendo ler o restante da série para ver como essa história termina.

Avaliação:


Skoob:

Sinopse:
Kelsey Hayes nunca imaginou que seus 18 anos lhe reservassem experiências tão loucas. Além de lutar contra macacos d'água imortais e se embrenhar pelas selvas indianas, ela se apaixonou por Ren, um príncipe indiano amaldiçoado que já viveu 300 anos. Agora que ameaças terríveis obrigam Kelsey a encarar uma nova busca – dessa vez com Kishan, o irmão bad boy de Ren –, a dupla improvável começa a questionar seu destino. A vida de Ren está por um fio, assim como a verdade no coração de Kelsey. Em O Resgate do Tigre, a aguardada sequência de A Maldição do Tigre, os três personagens dão mais um passo para quebrar a antiga profecia que os une. Com o dobro de ação, aventura e romance, este livro oferece a seus leitores uma experiência arrebatadora da primeira à última página.

Diagramação:

A Editora Arqueiro está de parabéns quanto à qualidade do livro. A diagramação é linda! A capa é perfeita! E amei o kit!!!


Esse é o tipo de livro que eu não troco de jeito algum! :p




Quer mais informações sobra a obra e a autora Colleen Houck?


Bom fim de semana pessoal! \o/

12.10.12

De Amor e Outros Demônios

Oi gente!

Nesta semana, as minhas leituras renderam! Estou com várias resenhas pendentes para postar para vocês.
Entre os livros que li, o que mais gostei foi De Amor e Outros Demônios, do Gabriel García Márquez.

Nossa, como é bom ler um livro bem escrito!

Gente, o colombiano realmente é o cara!

Há alguns anos li o tão aclamado livro do autor: Cem Anos de Solidão. E, na época, eu detestei a obra. Achei um porre! Agora, vejo que eu era uma ameba!! Pois, o autor escreve maravilhosamente bem! Todos os personagens são muito bem construídos e com uma profundidade indescritível.
Enfim, preciso ler Cem Anos de Solidão novamente! E urgente!

Quanto ao livro De Amor e Outros Demônios, não poderia ser diferente. A obra é MARAVILHOSA!

Quando iniciei a leitura pensei “será que vou ter paciência para chegar ao fim?” e, então, algo muito misterioso aconteceu. Grudei-me no livro! Não consegui largá-lo nem para ir ao banheiro! Sério mesmo!

Comecei a leitura em uma noite e na tarde do dia seguinte já havia terminado.

O ponto de partida da história é o próprio Gabriel García Márquez que, em 1949, participa de uma reportagem sobre a remoção das criptas funerárias do convento histórico Santa Clara.

O convento havia sido convertido em hospital e, agora, estava sendo vendido para construírem um hotel cinco estrelas no local.

Gabriel Gárcia Márquez fica impressionado quando, ao primeiro golpe da picareta, em uma das criptas, uma cabeleira viva, de cor cobre intensa, se espalha para fora. Ficando ali dentro do túmulo apenas uns ossinhos miúdos e dispersos.

Essa cripta pertencia a uma menina, que possuía apenas um nome, sem sobrenomes - Sierva Maria de Todos los Ángeles.

Estendida ao chão,  ficou a cabeleira, presa ao crânio, que media vinte e dois metros e onze centímetros.

Essa imensa cabeleira faz Márquez se lembrar das lendas narradas pela sua avó materna, em que havia uma marquesinha, venerada no Caribe por seus milagres, que acabou morrendo de raiva devido à mordida de um cachorro.

Essa marquesinha possuía uma “cabeleira que se arrastava como a cauda de um vestido de noiva”. Então será que a marquesinha ali enterrada seria a mesma da sua infância?

A ideia de que aquela cripta pudesse ser a dela, fez com que o livro De Amor e Outros Demônios fosse originado.

Então é assim que começa a história de Sierva Maria de Todos los Ángeles, uma menina de 12 anos que, enquanto acompanhava a escrava da família ao mercado público, foi mordida por um cão raivoso.

A partir do ocorrido, todos passam a acreditar que a menina está contaminada. Então começam inúmeras e inusitadas tentativas de curá-la.

A menina é levada ao médico, a curandeiros e, por último, é colocada em um convento para passar por um exorcismo. Pois, depois de inúmeras tentativas de curá-la e de mudar o seu comportamento estranho, chegam à conclusão de que a menina não está somente com raiva, mas, sim, dominada pelo demônio.

Enquanto a história vai acontecendo, você vai conhecendo as pessoas que cercam essa menina e o porquê de ela ter comportamentos um tanto estranhos perante os olhos da sociedade.

Os seus pais são pessoas peculiares. Eles não tinham contato algum com a filha e, por isso, não sentiam nenhum carinho por ela. A mãe da menina nunca a quis, então ela foi criada pelos escravos da fazenda. 

Mas não é só isso! Os seus pais possuem muita história. Conforme você vai virando as páginas do livro, vai montando um quebra-cabeça extraordinário.

Todos os personagens possuem algo bizarro e é justamente isso que os tornam tão reais. Não são pessoas idealizadas como acontece na maior parte dos livros, são pessoas que erraram muito e que, por diversas vezes, sentem-se perdidas e frustradas sem saber que rumo dar às suas vidas.

Quando a menina é levada para o convento, para o posterior exorcismo, passa a ter contato com um padre que acredita que ela não está possuída. Ele crê que aquilo é um grande mal entendido e tenta fazer de tudo para liberar essa menina do cárcere que está sofrendo no convento.

Mas o problema é que, conforme ele vai convivendo com a menina, vai apaixonando-se por ela. E, a partir daí, só você lendo para saber o que irá acontecer... ;)

Enfim, o livro aborda as relações humanas de todas as formas e aborda momentos doloridos da nossa história, como a Inquisição e a Escravidão.

Acredito que nenhuma resenha consegue passar tudo o que o livro transmite, pois realmente o autor consegue nos tocar durante a narrativa.

Então, se você está com vontade de ler um livro de grande qualidade e que seja uma leitura rápida, está aí uma bela dica! Super indico!

Avaliação:




Skoob:

Sinopse:
"Do Amor e Outros Demônios" vem de uma inspiração de quase meio século. Mas sua história vai além. García Márquez viaja até fins do século XVIII, em pleno vice-reinado da Colômbia, esta ainda colônia da Espanha, para compor uma história de amor, cercada de mistério, sortilégio e feitiçaria, culminado num processo instaurado pela inquisição.


Filme:

O livro possui uma adaptação para o cinema, feita em 2009 - link IMDB.
Como ainda não assisti, não sei se é legal.

Mas segue abaixo o trailer para vocês:






Bom feriadão galera!!

Boas leituras! \o/

5.10.12

Não resisti!

Oi gente!

Finalmente chegou sexta! Uhuuu! \o/

Hoje vou mostrar alguns livros que me fizeram cair em tentação.
Simmm, é verdade!

Comprei muuuiiitoss livros em setembro, que ainda não mostrei para vocês (hihi), sendo assim prometi para mim mesma que deveria lê-los antes de comprar outros.
Mas, nesse meio tempo, dei de cara com uma promoção imperdível no site da Fnac. Até falei dessa promo para vocês aqui no blog...

Então comprei dois livros do Gabriel García Márquez e um do Hemingway, que estavam muito baratos!


O quê?! Você ainda não leu nada do Gabriel García Márquez?

Gente, fala sério!!! Então, não percam tempo! O cara já ganhou até o Nobel.
Nada de vergonha literária por aqui! O.O

O livro do Hemingway (Paris é uma festa), apesar de ser mais fino do que eu imaginava, é bem bacana! Tem fotos coisa e tal... Vale a pena!



Tá, agora vai dizer que você também nunca leu nada do Hemingway?!
Ai ai ai... onde esse mundo vai parar?? #MEDO

Bom, seguindo a história...
Ontem, fiz a burrada de entrar na Saraiva.

Lá, dei de cara com o livro Feita de Fumaça e Osso, de Laini Taylor.

Eu já tinha o e-book, mas quando vi o livro surtei! (sim, momento futilidade total + obsessiva compulsiva + regressão à adolescência #ABAFA)

Enfim, a diagramação é linda! A capa é toda brilhosa, por isso não saiu direito na foto nem rezando 10 Pai Nosso.



Não resisti e iniciei a leitura no mesmo dia. (Não falem para ninguém que furei a fila dos outros! Ssshhhhh!)

Estou a recém no início da leitura, mas posso adiantar para vocês que estou achando a história super criativa e que estou gostando da personagem principal. :)

Vamos ver no que vai dar...

Agora, mudando de assunto, vocês viram quem ganhou o sorteio do kit "Bem mais perto"?

O nome da sortuda, já está aparecendo lá no Rafflecopter.


Para saber quem ganhou, basta ir lá no post da promoção!






Por hoje é isso galera!

Bom fim de semana!! \o/


3.10.12

A Sombra da Lua

Faz tempo que quero ler algum livro do John Sandford, pois adoro thriller policial!

Em vista disso, resolvi ler A Sombra da Lua, publicado pela Editora Arqueiro. Só o título já achei instigante! E a capa também me chamou bastante a atenção, achei linda!

No entanto, a leitura não correspondeu às minhas expectativas. Achei a narrativa do autor confusa e a trama não conseguiu prender a minha atenção.

O personagem principal se chama Virgil Flowers – um investigador do Departamento de Detenção Criminal de Minnesota - que é escritor em suas horas vagas.

Virgil é enviado para uma cidade do interior, chamada Bluestem, para dar apoio à polícia local na investigação de um assassinato de um casal de idosos.

Chegando lá, Virgil se depara com um grande incêndio em uma casa. Vai lá averiguar o fato e descobre que morava nessa casa Bill Judd, um fazendeiro idoso odiado por muitos na cidade.

Como Bluestem é uma cidade pacata, onde esse tipo de crime pouco ocorre, Virgil fica intrigado com essas mortes tão próximas e em um curto espaço de tempo.

A partir daí, ele decide ir a fundo nos casos para descobrir que correlação há entre ambos e quem é o autor dos crimes.

Mas, para isso, Virgil terá que se aprofundar na história da cidade e das pessoas que fazem parte dela. E, isso, acaba trazendo grandes problemas para ele.

O livro me lembrou bastante aqueles filmes americanos em que a história se passa no interior, onde o xerife usa aquela estrela na roupa e os policiais andam com trajes de cor bege, com um belo chapéu e uma grande fivela no cinto.

Foto: série "Xerife Lobo"

Além disso, mostra bem a realidade o interior, onde todos os habitantes se conhecem, sabem tudo da vida um do outro e possuem grandes segredos de família.

Achei a ideia da trama legal, mas além de eu ter achado a narrativa do autor confusa, os personagens não me conquistaram.

O personagem principal, Virgil, não possui carisma, nem profundidade - o autor não conseguiu me convencer de que o protagonista pudesse ser alguém real.

Outro fato que me incomodou é que a história possui muitos personagens e vários deles possuem nomes parecidos, já que pertencem a mesma família. Achei bem complicado lembrar quem é quem no meio da leitura. Chegou um momento em que fiquei perdida, pois é quase impossível conseguir decorar todos os nomes dos personagens.

Enfim, A Sombra da Lua é um livro para se ler sem muitas expectativas, para passar o tempo.

Mas, de qualquer forma, valeu a diversão. Pois, não resisto a um suspense policial!

Avaliação:


Sinopse:
Acostumado a assumir casos difíceis, o investigador do Departamento de Detenção Criminal de Minnesota Virgil Flowers é mandado a Bluestem, uma pequena cidade do interior, para ajudar a polícia local a solucionar um crime que chocou a população: um casal de idosos foi morto em sua residência com requintes de crueldade. Ao chegar à cidade durante a madrugada, Virgil é surpreendido por um incêndio no alto de uma montanha. A casa do fazendeiro Bill Judd é consumida pelas chamas e seu proprietário morre sob os escombros. Bill era um homem recluso e odiado. Há muitos anos, esteve à frente de um esquema fraudulento que levou centenas de fazendeiros à falência. Embora o dinheiro nunca tenha aparecido, ele foi julgado e absolvido. Além disso, seu envolvimento com várias mulheres casadas era de conhecimento de todos na região. Virgil não acredita em coincidências e fica intrigado com a morte do fazendeiro. Afinal, a pacata Bluestem passou duas décadas sem um único crime e nas últimas semanas foi cenário de três homícidios. Determinado a encontrar uma ligação entre os assassinatos, o investigador começa a conversar com os moradores e a descobrir seus segredos. Contudo, revirar o passado de uma pequena cidade pode trazer sérias consequências para um forasteiro. 

Clique AQUI para mais informações sobre a obra no site da Editora Arqueiro.
Aproveite para ler um trecho do livro! :)

Últimos Instagrams

© Pensamento Tangencial. Design by FCD.