27.4.13

Bonequinha de Luxo

Quem nunca ouviu falar no filme Bonequinha de Luxo, de 1961, estrelado por Audrey Hepburn?

É impossível não se apaixonar por Holly Golightly, personagem principal da história, com o seu jeito tagarela e oportunista de ser.

Holly é uma garota de 23 anos, que morava no interior, e agora está vivendo em Nova York.

Mas Holly é uma garota nada convencional... Anda com pessoas estranhas, inclusive, integrantes da máfia, é namoradeira e não resiste em dar festas repletas de pessoas diferentes em seu apartamento.

E, quando a "coisa fica preta", o seu refúgio são as lojas Tiffany's: "eu me acalmo na hora com aquele silêncio e aquele orgulho no ar; nada de ruim poderia acontecer ali, não com tantos homens gentis de terno elegante e aquele cheiro de prata e carteira de crocodilo." (Holly, página 39)

O pequeno apartamento de Holly é uma bagunça, lotado de caixas pelos cantos, como se ela a recém tivesse se mudado para lá. Nele, ela vive com o seu gato “ruivo” que não possui nome, é apenas chamado de “gato”.

Toda essa loucura, que é a vida de Holly, e o seu jeito peculiar de viver, começa a ser observado e também protagonizado por seu vizinho chamado Paul – um escritor solitário que costuma ir, em suas horas vagas, ao bar da esquina para conversar com o barman Joe Bell.

Tanto o livro quanto o filme são muito bons, praticamente iguais. A versão cinematográfica ficou maravilhosa! E, ao ler o livro, fica impossível não visualizar Audrey como sendo a Holly.

A principal diferença entre ambos é o fim. Eu, particularmente, gostei mais do fim do livro.

A narrativa do livro é em primeira pessoa. A história é narrada por Paul e é através dele que ficamos conhecendo essa garota estranha, que encanta a todos com o seu jeito diferente de ser.

O livro é muito bem escrito e a leitura é envolvente!
O autor Truman Capote fez com que eu largasse o livro somente quando chegasse ao final! Porém, o achei pequeno demais! Fiquei querendo mais!!

Neste volume, publicado pela Companhia das Letras, além de Bonequinha de Luxo (1958), contém mais três histórias: Uma Casa de Flores (1951), Um Violão de Diamante (1950) e Memória de Natal (1956). Estas, eu ainda não li...

Enfim, Bonequinha de Luxo é um livro muito agradável, que deixa saudades quando a leitura termina.

Indico a todos os públicos, mas, principalmente, aos mais maduros e fãs do filme!
Quem assistiu ao filme, com certeza irá apreciar bastante a leitura!


Entrou para os meus favoritos!

Avaliação:


Skoob:

Sinopse:
Em Bonequinha de Luxo, novela de 1958, escrita com mão levíssima, o escritor norte-americano Truman Capote acompanha as estrepolias de Holly Golightly, a jovem que escapa da vida besta do interior para tentar a sorte na Nova York dos anos da Segunda Guerra. Moça de hábitos e horários nada ortodoxos, Holly põe em polvorosa uma galeria de personagens que vai de um mafioso preso a um escritor inédito, passando por um fotógrafo japonês, uma modelo gaga e uma cantora rouca – para não falar de um certo diplomata brasileiro. Tudo isso sem abandonar a visão de uma vida de luxo, calma e volúpia, se possível bem longe do Texas e bem perto da joalheria Tiffany’s. Celebrizada nas telas de cinema por Audrey Hepburn no filme homônimo de Blake Edwards, Holly é uma das criações mais felizes de Capote, mistura inextricável de ninfa diáfana e moça roçuda, tão viva e sedutora hoje como quase meio século atrás.

Bom fim de semana pessoal! \o/
Boa leitura a todos!!

11 comentários:

  1. Adorei! nunca vi o filme, mas quero muito assistir ainda! Acho que lerei o livro antes!
    Valeu a dica!

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, eu não li este livro, mas já assisti ao filme. Faz tanto tempo que eu nem lembro mais. Não lembro os detalhes, mas sei que é um ótimo filme, imagino que o livro também seja bom.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Sempre tive curiosidade de ver esse filme por ser tão comentado mas, nunca havia parado p/ ver a sinopse dele. Gostei muito da forma como tu o descreveu. Entrou na minha lista de filmes a serem assistidos. Beijos ;*

    ResponderExcluir
  4. Eu não sabia que tinha o livro, mas o filme é realmente excelente e que bom que ambos são satisfatórios. Fiquei curiosa em relação ao final que é diferente. Bjos!!

    ResponderExcluir
  5. Oie Angélica =D

    Ah!! Eu já acho a Audrey Hepburn linda *-* faz anos que vi o filme e nem me lembro mais dele direito, tanto que ando querendo assistir ele novamente rs...

    Não sabia que tinha sido lançado um livro do filme. Preciso ler urgentemente *_____________*

    Parabéns pela resenha!

    Saudades tb ^^

    Beijos e uma ótima semana;***

    Ane Reis - mydearlibrary

    ResponderExcluir
  6. Oi Ane!

    É ao contrário!! O filme que é uma adaptação do livro. :)
    Adorei ambos!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Angélica!
    Darei uma chance a ambos, ;)

    Bjo!

    ResponderExcluir
  8. Eu tive uma fase Audrey Hepburn a uns meses e assisti todos os filmes que eu consegui encontrar dela, virei fã! Eu gostei bastante de Bonequinha de luxo, embora eu prefira A princesa e o Plebeu que é muito lindo.
    Tenho bastante vontade de ler o livro, acho que é meu estilo e como você gostou confio mais ainda nisso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Acredita que naõ conheço muito
    Ainda nem li e nem assisti
    Mas falam super bem

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. O filme é uma delícia e imagino que o livro deva ser igualmente encantador. Eu já queria ler 'Bonequinha de Luxo' e depois que conheci a escrita do Capote, fiquei com mais vontade ainda. Lerei, com certeza!
    bjo

    ResponderExcluir
  11. Deve ser lindo, adorei a capa e tudo mais, principalmente a resenha.

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente, participe dos bate-papos que rolam por aqui!!