21.5.14

Tag: Livros Opostos

Encontrei no blog da Caline, Mundo de Papel (um blog que adoro por sinal), uma tag que achei muito legal! Então não pensei duas vezes em respondê-la. \o/

1. Primeiro livro de sua coleção/ Último comprado


Na verdade, não lembro qual foi o primeiro livro da primeira coleção que comprei. Pois, desde criança costumava ler bastante. Porém, a coleção que mais tenho orgulho de tê-la e, talvez, a primeira a comprar - em idade adulta - foi As Brumas de Avalon, da Marion Zimmer Bradley. Encontrei essa edição super rara em um sebo! Então não pensei duas vezes em comprá-la! \o/ Até hoje a guardo com muito carinho.
Já, o último que comprei, foi O Nome do Vento, do Patrick Rothfuss. Coleção que há tempos quero ler, mas sempre vou postergando...

2. Um que pagou barato/ Um que pagou caro


Essa edição Grandes Esperanças, do renomado Charles Dickens, é um luxo! É capa dura, bilíngue e enorme! O tipo de livro que todo admirador de clássicos precisa ter em sua estante! E o melhor de tudo é que paguei uns R$ 13,00 em uma promoção de clássicos que teve na Fnac. \o/ Já, A Dança da Morte, do Stephen King, paguei mais de R$ 100,00... Sacrifícios que um fã leitor faz por seu ídolo! :p

3. Com protagonista homem/ Com protagonista mulher


Daniel Sempére e, principalmente, Fermín, de A Sombra do Vento, do Carlos Ruiz Zafón, são personagens cativantes em uma história inesquecível! A Sombra do Vento é o meu livro preferido do autor! E quanto à Bonequinha de Luxo, de Truman Capote, acredito que nem é preciso falar nada, né? #puroamor! #love

4. Leu rápido/ Demorou para ler


Clube da Luta, de Chuck Palahniuk, deixou-me alucinada! Li a metade do livro em um dia e a outra no outro. Simplesmente amei! Já, A Casa dos Espíritos, da Isabel Allende, demorei cerca de um mês ou até mais para terminar de lê-lo. Pois, é uma história bem escrita e detalhada, que requer uma atenção maior. Apesar de eu ter demorado mais para ler, foi um dos livros que entrou para os meus favoritos e fez com que eu me tornasse grande fã da autora! Simplesmente maravilhoso!

5. Com capa bonita/ Com capa feia


É impossível não lembrar do livro Moça com Brinco de Pérola, da Tracy Chevalier, neste item! Como não citar, como sendo a capa mais linda, a que contém uma das mais belas obras de arte de Veermer? #perfeito!
Quanto à capa mais feia, não acho a capa de Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, totalmente feia e, sim, muito sem graça! Acredito que, se tratando de um clássico tão bacana quanto esse, a editora Globo poderia ter caprichado mais... bem mais!

6. Um livro brasileiro/ Um livro internacional


Em A Casa das Sete Mulheres, de Letícia Wierzchowski, você encontra fatos históricos, romance e um livro bem escrito! Principalmente para os gaúchos deve ser leitura obrigatória! Já, Memórias de uma Gueixa, de Arthur Golden, se tornou um dos meus queridinhos! Um livro lindo, envolvente, muito bem escrito, que faz com que fiquemos apaixonados pela cultura japonesa!

7. Um livro mais fino/ Um livro mais grosso


Se vivêssemos em um lugar normal, do Juan Pablo Villalobos, é um livro fininho que não faz jus ao seu tamanho! Um livro divertido e, ao mesmo tempo, reflexivo! Ainda não li Festa no Covil do autor... Mas, essa primeira amostra que obtive de seus escritos, valeram super a pena! Pois, esse livro é tudo de bom!!
E A Guerra dos Tronos, do George R. R. Martin, é o meu queridão!! Um mega livro que você lê em um piscar de olhos! Aventura, fantasia, mistério... Tudo em dose certa e perfeita! Amo de montão!!

8. Um livro de ficção/ Um livro de não-ficção


Ensaio Sobre a Cegueira do José Saramago é, para mim, uma grande obra! Um livro visceral que usa a metáfora da cegueira para dar um tapa na cara da humanidade. Um dos meus SUPER preferidos! E, Adeus, China, nossa! Também faz parte dos meus super preferidos!! Nele, encontramos a história de Li Cunxin (sim, a história do próprio autor) um bailarino chinês que passa por grandes provações de vida. Adeus, China é um livro que, além de ampliar o conhecimento quanto à história e cultura chinesa, nos deixa com as emoções à flor da pele! Um dos livros mais lindos que já li!

9. Um livro meloso/ Um livro de ação


Este foi o item mais difícil para eu responder, pois detesto livros melosos e não sou muito chegada em muita ação... Mas sou uma grande admiradora de belos suspenses! E um deles é O homem que não amava as mulheres, de Stieg Larsson, que é um livro muito bem escrito e envolvente, que nos deixa completamente mergulhados em suas páginas! Quanto ao livro meloso... Escolhi um que não considero meloso, mas, sim, "fofo": Encantos do Jardim, de Sarah Addison Allen. Os livros da autora são encantadores. Possuem um leve romance e uma gostosa pitada de magia como pano de fundo. Já li dois livros dela e curti ambos! Então, super indico!

** Espero que vocês tenham gostado do post! Achei essa tag super bacana! Tentei selecionar alguns dos livros que mais gosto para dividir com vocês. :)

** Se alguém também postar essa tag, por favor, avise-me! Pois, estou mega curiosa para ver as respostas de vocês e pegar mais algumas dicas de leitura!!! \o/

Até a próxima pessoal! ;)

Obs.: as visitas aos blogs estão atrasadas porque o meu trabalho está sugando as minhas energias... Mas eu chego lá!!

13.5.14

Amigas para Sempre

Hoje terminei a leitura de Amigas para Sempre, de Kristin Hanna, publicado pela editora Arqueiro.
Não sei se eu estava com muitas expectativas devido ao grande marketing em cima do livro ou se é porque eu estava esperando algo no mesmo nível do outro livro da autora que li (Jardim de Inverno)... Só sei que me decepcionei...

Devido às resenhas no Skoob, Amigas para Sempre prometia ser uma leitura marcante e inesquecível. Porém, para mim, não passou de um livro mediano.

A história consiste em duas amigas - Tully e Kate - que se conhecem durante a adolescência. No decorrer das páginas, acompanhamos o crescimento e o amadurecimento da ambas as protagonistas.

Tully é uma garota imprudente, popular e ambiciosa, que age sem pensar muito nas consequências. Desde a infância sofre com a indiferença da mãe, que é usuária de drogas, sendo criada, praticamente, pela avó. Já, Kate, é uma menina reservada, que possui dificuldade para fazer novas amizades, sonha com um grande amor e possui uma família unida e carinhosa.

Mesmo Tully e Kate sendo tão diferentes, elas acabam se aproximando e criando uma forte amizade.
Contudo, essa amizade, será colocada à prova quando, já adultas, um homem acaba ficando entre as duas.

A narrativa da autora é extremamente gostosa! E, o modo como ela construiu a história, fazendo com que cada capítulo fosse narrado por uma das personagens, foi muito bacana!

No entanto, a trama, lembrou-me bastante os livros do Nicholas Sparks. Pois, contém os mesmos ingredientes: drama, relações melosas e conteúdo clichê. Com a diferença que, em vez de se prender tanto na história de um casal, se foca em uma história de amizade. Mas todo aquele drama e açúcar (muito açúcar) está lá presente.

Achei o livro muito meloso, repetitivo e com um drama exagerado. Principalmente o final que, a meu ver, foi forçado e apelativo.

Não consegui apegar-me a nenhuma das personagens. Achei as duas muito "nheco nheco". Além disso, o livro é igual a muitos outros que já li... Senti-me como se estivesse assistindo "vale a pena ver de novo", quer dizer, "vale a pena ler de novo". :p

De um modo geral, achei a obra gostosa de ler e a parte inicial, onde as meninas são adolescentes, achei legal.
Confesso que fiquei em dúvida quanto à avaliação que daria ao livro... Duas ou três estrelas? Mas, refletindo daqui e dali, concluí que merece três estrelas sim.

Enfim... Se você gosta de livros estilo "mulherzinha", vá em frente que, provavelmente, irá gostar bastante da obra! Contudo, não vá com muita sede ao pote e imaginando que encontrará algo no mesmo de nível de Jardim de Inverno, porque poderá se decepcionar... :s

É um bom livro para passar o tempo.

Avaliação:


Skoob:

Sinopse:
Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos. Kate, por sua vez, a ensinou a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena. As duas juraram que seriam amigas para sempre. Essa promessa resistiu ao frenesi dos anos 1970, às reviravoltas políticas das décadas de 1980 e 1990 e às promessas do novo milênio. Até que algo acontece para abalar a confiança entre elas. Será possível perdoar uma traição de sua melhor amiga? Neste livro, Kristin Hannah nos conta uma linda história sobre duas pessoas que sabem tudo a respeito uma da outra – e que por isso mesmo podem tanto ferir quanto salvar.

Aproveite para ler um trecho do livro! ;)


Até a próxima pessoal!! :D

2.5.14

Caixa do correio!

Hello people!! Como vocês estão?

Só para variar, já faz algum tempo que não passo por aqui... Hihi! Pois, como sempre, ando completamente mergulhada em meu trabalho - que tanto amo! Mas tenho algumas novidades para mostrar para vocês!

Vocês viram a promoção que o Submarino fez?! Vários livros MARAVILHOSOS por apenas R$ 9,90!! E, os que não estavam por esse valor, também estavam com preços muito bons - bem abaixo do normal. Então aproveitei para fazer umas comprinhas... \o/

O que chegou por aqui foi... A garota que você deixou para trás, da Jojo Moyes (adoro a narrativa sensível da autora) e O Tango da Velha Guarda, de Arturo Pérez-Reverte (faz tempo que tenho vontade de ler esse livro).


O Nome do Vento, de Patrick Rothfuss, e A Hora da Estrela, da Clarice Lispector (acho tão bonitinha essa coleção da Rocco. Estou com vontade de comprar todos os livros da Lispector para montar a coleção...).


Aproveitei, também, para comprar alguns lançamentos da Novo Conceito que estavam por R$ 9,90. Por toda a eternidade, de Kristin Hannah (love), Enders (não vejo a hora de ler a continuação de Starters - apesar de todo mundo dizer que é uma porcaria haha) e Poseidon (não sei muito o que esperar desse livro, mas estou curiosa).


E, para finalizar, as minhas trocas! \o/

Chegou O Pacto, da Jodie Picoult (morro de vontade de ler algum livro dessa autora! Esse será o primeiro.) e As Luzes de Setembro, do Carlos Ruiz Zafón (sou fã!).


E mais dois: Fim, da Fernanda Torres (crazy woman! haha) e O Vendedor de Histórias, do Jostein Gaarder (mais um autor que sou fã). 


O difícil agora é decidir qual deles ler primeiro. O.o
Ahh, algumas fotos ficaram estranhas porque ainda não tirei os plásticos dos livros.

E vocês? O que tem recebido de legal por aí?

Qual foi o último livro que vocês leram?
Valeu a pena?

** Grita aí!!! **

Últimos Instagrams

© Pensamento Tangencial. Design by FCD.