4.7.14

Tamanho 44 também não é gorda

Na segunda aventura de Heather Wells, nos deparamos com um mistério no alojamento estudantil que ela administra: a cabeça de uma das estudantes é encontrada dentro de uma panela no refeitório. Quem foi o responsável por essa atrocidade?

A polícia irá descobrir quem é o assassino ou será que Heather irá se intrometer na investigação, fazer muitas trapalhadas, e descobrir quem é o (a) criminoso?

Sendo um livro da Meg Cabot, a gente sabe que é a segunda opção, né? Hehehe! :p

Tamanho 44 também não é gorda é o segundo volume da série Mistérios de Heather Wells.
A série é composta por cinco livros, sendo que o último ainda não foi lançado no Brasil.

A personagem principal, como já deu para notar, se chama Heather Wells.
Heather é uma cantora pop fracassada, de 28 anos, que acabou se tornando inspetora de um conjunto residencial na Universidade de Nova Iorque e morando na parte de cima da casa do ex-cunhado Cooper.
Heather é o tipo de garota que adora colocar o nariz onde não foi chamada e isso faz com que ela se envolva em diversas confusões. Como o título do livro sugere, Heather briga com o excesso de peso. Porém, não é daquelas pessoas chatas e frustradas, que fica chorando e se lamentando pelos cantos. Muito pelo contrário! É divertida e sabe se amar do jeito que é.

No segundo volume, a estrutura da história segue da mesma forma que no primeiro: acontece um crime na universidade, que precisa ser desvendado.
Em paralelo, temos os dramas e romances da personagem principal. Com personagens secundários bacanas e bem construídos.

Os livros dessa série, para mim, estão longe de ser algo do tipo inesquecível. Porém, são ótimas opções para quem quer ler algo leve, do tipo chick-lit com pitada de suspense.
Eu me divirto com Heather! Apesar de suas inseguranças, é uma mulher de fibra, cheia de atitude e carisma.

Uma das frases que mais gostei no livro foi essa abaixo, dita por Heather, em uma discussão que estava tendo o seu pai:

"Existem muitos tipos diferentes de família hoje em dia, pai. Nem todas são formadas por marido, mulher e filhos. Algumas são formadas por uma mulher, um cachorro, um detetive particular, o pai dela, a melhor amiga dela e as várias pessoas com quem ela trabalha. Isso sem falar no traficante de drogas da rua. Para mim, se você gosta de alguém, essa pessoa já se torna automaticamente parte da sua família, não?" (página 358)

Enfim… Eis mais uma série muito gostosa da Meg Cabot!
Para quem curte o estilo, super indico!

Avaliação:


Skoob:

Sinopse:
A ex-estrela pop Heather Wells está de volta, e como de costume vai se envolver em uma perigosa investigação. Ela é inspetora de um dormitório feminino da universidade de Nova York, e está acostumada com festas e brincadeiras estranhas das estudantes. Quando jovens começam a aparecer mortas no dormitório, Heather acha que pode ajudar, como já fez no passado. Mas quem está por trás desses assassinatos fará de tudo para se proteger e uma inspetora gordinha não ficará em seu caminho.

Agora falta eu ler o terceiro volume, que tenho aqui \o/, e o quarto que preciso acrescentar à minha coleção.


E você? Curte os livros da autora?
Já leu essa coleção? O que achou??

Grita aí! :D

14 comentários:

  1. oi, Angélica!
    Olha, o único contato que tive com Meg foi um conto naquela coletânea de contos de terror "Formaturas infernais" e não simpatizei muito com ela não... rs
    Mas, admito que, claro, como uma leitora que não gira muito bem das ideias, eu quero tentar com outra coisa, algo menos teen talvez funcione melhor pra mim e essa é uma série que eu gostaria mesmo de ler (esta e aquela outra que é toda em e-mails, esqueci o nome agora). Eu sou fãzona de chick-lit pois são livros pra todo momento. O fato de ter essa pitadinha de mistério, acho, é o que deixa a série mais atraente. Pena que não saíram todos ainda. Quando o último for publicado, com certeza vou começar a lê-la.

    Beijão,
    Jana.

    PS: essas capas novas são lindas. Adoro as cores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jana!

      Essa coleção é divertida! Se você gosta de chick-lit, provavelmente, irá gostar bastante! :D
      A minha primeira experiência com a autora também não foi muito boa... Li um livro que achei muito bobino, então desanimei. Mas, depois, dei mais uma chance a ela. Li o famoso Diário da Princesa e achei muito bom! Um livro fofo e divertido! A partir de então, passei a dar mais crédito à autora novamente. :)

      Eu também curti essas capas coloridas! :D

      Beijoss!

      Excluir
  2. Oi Angélica, tenho em casa o primeiro livro da série mas ainda não consegui ler. Eu achei que era só um chick-lit, não sabia que tinha essa pitada de suspense. Gostei ;)
    Eu também acho que os livros da Meg geralmente não são inesquecíveis, mas sempre são boa opção para uma leitura mais leve, principalmente depois de algo mais intenso.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  3. Oi Angélica, tenho o primeiro livro dessa série em casa, mas ainda não consegui lê-lo. Não sabia que tinha essa atmosfera de suspense, achei que era puro chick-lit, mas gostei!
    Concordo que os livros da Meg geralmente não são inesquecíveis, mas são leituras deliciosas e ótimas opções para um momento mais leve. Vou tentar ler ele logo.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia Julia!! :D Mas pegue o livro com a intenção de ter alguns momentos de descontração... Pois, nem se compara a um suspense de verdade. Hehehe!
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá
    Ainda não li essa trilogia da Meg, mas tenho os dois primeiros e pretendo conseguir o terceiro para iniciar a leitura o mais rápido possível, pois amo td dessa autora hahaha, ela escreve mt.
    Ótima resenha, e também adoro essas capas haha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/07/resenha-romances-em-contos-varios.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Catharina!!
      Se você curte a autora, então irá gostar dessa coleção. :) Segue o mesmo estilo dos outros livros da autora. Com exceção da idade da personagem principal, que não é adolescente como ocorre na maioria dos livros da Cabot.
      Beijos!

      Excluir
  5. Oie, tudo bom?
    Eu gosto muito dos livros da Meg e adoro essa série. É com certeza uma das mais divertidas entre as séries adultas. Só queria que tivesse mais romance, mas a Heather é muito divertida.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Concordo plenamente com você!! :D
      Beijos!

      Excluir
  6. Eu li o primeiro livro e achei exatamente o que você falou, é um livro que não vai marcar, mas que pode ser um motivo de diversão, principalmente com a personagem principal. Pretendo ler esse mas ainda não sei quando será hehehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Não sei como ainda não conhecia seu blog!
    Vim parar aqui através de uma busca por imagens de "A casa dos espíritos" (que livro incrível, né?) e me deparo com um blog de uma pessoa que mora aqui pertinho (PoA, certo? me too), adora livros e tem resenha da saga de Heather Wells, que foi minha primeira aventura no reino da literatura que não era clássica.

    Amei aqui, mesmo, mesmo.

    Beijos!
    (P.S. Te coloquei nos links do meu blog.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mia!

      Nossa, que legal! Nada como encontrar uma conterrânea! \o/
      Simmm, os livros da Allende são maravilhosos né?

      Se você quiser se arriscar mais ainda nos chick-lits, leia os livros da Sophie Kinsella. São histórias meio "sem noção", mas levinhas e divertidas para passar o tempo. O último que li dela foi "Fiquei com o seu número". Vale a pena! :)

      Beijos!

      Excluir
  8. Oiee

    Nunca li nada da autora e pretendo ler em breve é sempre bom ler algo que seja mais leve para sair de uma leitura mais densa.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir

Comente, participe dos bate-papos que rolam por aqui!!