15.8.14

O Lado Mais Sombrio

Eis um livro para aqueles que querem matar a saudade do universo de Carroll e dos filmes do Tim Burton, com seus personagens sinistros e peculiares. A própria autora, A. G. Howard, relata que se inspirou em ambos para criar o seu livro O Lado Mais Sombrio. E as suas páginas não deixam dúvidas!

O livro é sobre uma garota, skatista, de 16 anos, chamada Alyssa, que é descendente da Alice Liddell (sim, aquela que entrou na toca do coelho).
Alyssa mora somente com o seu pai, pois a sua mãe está internada em um hospital psiquiátrico há 10 anos por ouvir vozes, falar com insetos, etc.

Alyssa, está passando por um momento muito delicado… Está com medo de enlouquecer. Pois, assim como aconteceu com a sua mãe, ela também passou a escutar insetos e plantas falando. Na maioria das vezes, tenta ignorar essas vozes. Porém, está ficando cada vez mais forte e mais difícil de fugir delas.

Alyssa é uma garota solitária e de poucos amigos. Na verdade, ela só tem um amigo que se chama Jed.
Jed é um garoto muito querido que sempre a apoia nos momentos em que mais precisa e é por quem ela nutre uma paixonite secreta.

Nos primeiros capítulos, passamos a conhecer um pouco melhor Alyssa. Suas rotinas, escola, amigos etc. A aventura realmente começa quando ocorre um fato inusitado! Alyssa e seu pai vão visitar Alison (mãe de Alyssa) no hospital e, esta, tem um surto psicótico. Contudo, durante o “surto”, Alyssa também vê as mesmas coisas que a mãe está vendo e isso a apavora! Pois, ela começa a entender que é impossível elas estarem tendo as mesmas alucinações e talvez a sua mãe não seja tão louca assim.
Durante o surto, Alison lhe fala sobre uma chave e uma tal toca do coelho, onde poderá quebrar a maldição que foi lançada sob sua família há muito tempo. Fala, também, que essa maldição pode ser quebrada e que Alyssa poderá fazer isso por elas! Sendo assim, a garota vai a fundo nessa história e acaba encontrando a toca do coelho na Inglaterra!

Preciso dizer que ela entra na toca? Hehe

Yes!! \o/ Ela entra e encontra todo aquele universo mágico de Alice, no País das Maravilhas, e também vários seres no estilo Tim Burton.

No entanto, algo inesperado acontece! Jed, que a estava seguindo, acaba entrando junto na toca. E, ambos, iniciam uma grande aventura repleta de muita magia e reviravoltas estonteantes.

No País das Maravilhas, Alyssa passa por grandes provações ao tentar liberar a sua família da maldição e é lá que encontra… Morfeu.
Morfeu é um personagem de personalidade dúbia que coloca a nossa mente à prova a todo instante. Por alguns momentos, você se encanta com seu jeito sedutor e protetor de ser e, em outros, você tem vontade de cortar as suas asas - literalmente falando. Sim, pois, Morfeu, é um personagem que tem asas. * Assim que você terminar a leitura do livro, pode ter certeza que irá ao jardim mais próximo procurar por mariposas de asas azuis.

E, como todo livro adolescente, Alyssa fica com o coração dividido entre dois amores: Jed e Morfeu, que competem brutalmente pela mocinha.
Sim, essa parte é "mais do mesmo"! Triângulo amoroso adolescente típico em que a garota se apaixona pelo bonzinho e pelo malvado e se questiona o tempo inteiro "aii, aiii, com qual deles eu fico?". :s Chega, né? Vamos ser mais criativos #PELOAMORDEDEUS!!!

Enfim... Tem gente que gosta dessa baboseira.
Não vou falar mais sobre a trama para não entregar a história para vocês...

A história de um modo geral, iniciou boa, no meio ficou chata (repetitiva - com Alyssa correndo para um lado e para o outro - deixando-me cansada de tantas andanças) e ao final melhorou novamente.

A narrativa da autora é gostosa e a história é narrada em primeira pessoa por Alyssa. Contudo, como ocorre na maioria dos livros adolescentes, falta profundidade nos personagens. Os protagonistas são "rasos", ficam vivenciado uma aventura frenética e um triângulo amoroso bobo - deixando entediados os leitores mais experientes.
Os personagens secundários foram pouco desenvolvidos. Faltou muito, mas muitooo, sobre a história deles.
Além disso, em alguns capítulos, deparei-me com trechos sem coesão, onde tive que reler para tentar entender o que a autora estava querendo dizer.

A parte gráfica da editora Novo Conceito está impecável!
A capa ficou linda e o início dos capítulos é decorado. Mas, você encontra alguns erros de português… Nada muito grotesco… Mas incomoda! :(


Enfim… O Lado Mais Sombrio é mais um típico livro adolescente de fantasia. E, como tal, você encontrará muita aventura, seres fantásticos e uma mocinha inocente com o coração dividido.

No entanto, está muito longe de ser um livro cinco estrelas! Não achei "tudo isso que o povo fala"... É uma leitura agradável para passar o tempo e nada mais além disso.

Mesmo assim, pretendo ler a continuação. Pois, o desfecho final possui uma reviravolta muito bacana, que deixou-me curiosa!
Mas, com certeza, irei com bem menos "sede ao pote" no segundo volume... Senão, será mais uma decepção certa.

De qualquer forma, valeu a leitura! Passei algumas horas bem divertidas e encantada com o eterno mundo de Alice!

Avaliação:



Skoob:
http://www.skoob.com.br/livro/374175-o-lado-mais-sombrio

Sinopse:
A história é Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas. Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer. Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas. Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa...

E você? Já leu o livro?  O que achou?

Grita aí!! :D

5 comentários:

  1. Oi Angélica,
    Gosto desse mundo de fantasia de Alice e o fato de ter lido algumas resenhas positivas já me motivam a ler o livro, apesar de não ser fã de triângulos amorosos.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marla!
      Vale a pena para matar a saudade do mágico universo de Alice... :)
      Acho que você gostará da leitura! :D
      Beijos!

      Excluir
  2. Out of topic, mas acho esse seu gato TÃO lindo!!!
    Qual o nome dele? <3

    Samara - www.infinitoslivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Samy!
      Essa é a Kitty, minha sombra. Por isso, está sempre em cima dos meus livros. Hehe!
      #ILoveCats!!
      Beijocas!

      Excluir
    2. Ela é muito querida mesmo! Tem um olhar tão penetrante!
      Eu e meu marido recém adotamos uma felpuda tbm, mas ela está aprendendo ainda a ser uma gata de casa. Hehehehe
      Vamos ver se em breve consigo fazer ela aparecer no blog tbm! ;)
      Beijos!

      Excluir

Comente, participe dos bate-papos que rolam por aqui!!