25.1.16

Jane Eyre

O que falar sobre um livro tão belamente escrito?
Jane Eyre, de Charlotte Brontë, publicado em 1847, possui uma trama simples e bem escrita que encanta gerações.


A história é sobre uma menina que se torna órfã e vai morar com os tios.
Contudo, o tio, que nutria carinho pela menina, morre, fazendo com que o destino de Jane Eyre se torne amargo. A viúva, sente tremenda repulsa pela menina e não pensa duas vezes em maltratá-la e tratá-la de modo inferior aos seus três filhos.
Desta forma, Jane cresce de forma solitária, ansiando por carinho e companhia. No entanto, a única companhia que consegue é a dos empregados da casa que também não lhe dão muita atenção.
Com o passar do tempo, a tia resolve enviar o “estorvo” para um internato e, assim, se ver livre da garota.

Um internato que está longe de possuir os padrões ideias, já que é muito pobre – sobrevive através de doações e de racionamento de comida. Um lugar onde as meninas são muito magras e morrem de doenças comuns devido à desnutrição e ao ambiente insalubre. Mas que proporciona que Jane Eyre venha a ter uma boa educação e um lugar para chamar de lar.

Ao completar dezoito anos, Jane Eyre ávida por novas experiências e empolgada a conhecer o mundo fora do internato, coloca um anúncio no jornal, oferencendo os seus serviços de governanta. Para a sua surpresa, o anúncio é logo respondido por uma senhora chamada Fairfax, que relata estar precisando de uma governanta para cuidar e educar uma menina de dez anos.
Jane Eyre, então, não pensa duas vezes e coloca os seus poucos pertences em sua pequena mala e parte a Thornfield Hall rumo a um destino desconhecido.

Lá chegando, é bem acolhida por todos. Conhece os empregados da casa, a pequena Adéle, a quem irá educar, e Mr. Rochester... O seu patrão, de olhar impenetrável e obscuro, por quem irá se apaixonar.


O restante da história não vou contar para vocês... Mas, vou adiantar, que Jane Eyre não é apenas um romance. É uma trama cheia de reviravoltas que nos deixa com o coração apertado.

Jane Eyre nos ensina que é possível superar obstáculos e a ter resiliência. Mostra que, com força de vontade e perseverança, se vai ao longe e que, mesmo diante a tantas adversidades, é possível vencer na vida e conquistar a tão sonhada liberdade – a qual tanto era negada às mulheres daquela época.

A narrativa de Charlotte Brontë é deliciosa! Você se encanta com a sua forma poética de escrever.
A história é narrada em primeira pessoa, pela própria Jane Eyre, que tem um profundo diálogo com o leitor.
Os personagens são muito bem desenvolvidos e você se torna íntimo da protagonista principal ao se deparar com os seus pensamentos mais íntimos.

No entanto, os leitores que não estão muito acostumados com clássicos, podem achar a narrativa um pouco arrastada e demasiadamente detalhada. Contudo, não desista! Ao final, você verá que valeu a pena cada palavra! E, assim como eu, morrerá de saudades de Jane Eyre e de seu querido patrão Mr. Rochester.

Avaliação:


Skoob:

Sinopse:
Jane Eyre é uma menina órfã que vive com sua tia, a sra. Reed, e seus primos, que sempre a maltratam. Até que, cansada do convívio forçado com a sobrinha de seu falecido esposo, a mulher envia Jane a um colégio para moças, onde ela cresce e se torna professora. Com o tempo, cresce nela a vontade de expandir seus horizontes. Ela põe um anúncio no jornal em busca de trabalho como governanta. O anúncio é respondido pela senhora Fairfax, e Jane parte do colégio para trabalhar em Thornfield Hall. Lá, ela conhece seu patrão, o sr. Rochester, um homem brusco e sombrio, por quem se apaixona. Mas um grande segredo do passado se interpõe entre eles.


Sobre a autora:

Charlotte Brontë (21 de Abril de 1816 — 31 de Março de 1855) foi uma escritora e poeta inglesa, a mais velha das três irmãs Brontë que chegaram à idade adulta e cujos romances são dos mais conhecidos da literatura inglesa. Nasceu em Thornton, oeste de Bradford, West Yorkshire, Reino Unido no dia 21 de abril de 1816. Escreveu o seu romance mais conhecido, Jane Eyre com o pseudônimo Currer Bell. Fonte: Wikipedia




Obra lida para dois Desafios Literários:

    


* Você também já leu Jane Eyre? O que achou?
* E quanto aos filmes? Você viu alguma das adaptações da obra? 

Estou mega curiosa quanto à adaptação cinematográfica de 2011! Vou assistí-la hoje à noite, já que está no catálogo do Netflix. Depois eu falo para vocês o que achei. ;)

7 comentários:

  1. Olá Angélica!
    Li Jane Eyre há uns anos e é um dos meus três clássicos preferidos de sempre.
    É daqueles livros que conto reler =)
    Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tita! O livro é lindo, né?
      Estou morrendo de saudade dos personagens!
      Beijos!

      Excluir
  2. Pronto. Me convenceu! Eu me envolvi já na sua resenha, imagina com o livro! Esse ja foi pro skoob. Valeu muito essa dica!

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha!
      Temos o gosto literário bem parecido Camila! Acho que também vais gostar da obra! Ainda mais que sei que aprecias os clássicos... :)
      Beijoo!

      Excluir
  3. Olá :)

    Já li Jane Eyere e concordo com tudo o que você disse, foi uma dos melhores livros de época que eu já li na vida. É maravilhoso e bem emocionante, principalmente os últimos capítulos. Jane e Mr. Rochester se tornaram um dos meus casais favoritos da literatura *_*

    Recomendo a minissérie de seis episódio da BBC com a Ruth Wilson e o Toby Stephens que é muito bem feita e fiel ao livro. O filme de 2011 com o Michael Fassbender e a Mia Wasikowska é bom mas ñ tão fiel à história como a adaptação da BBC, mas vale pena conferir tbm.

    Abraços!

    Mundo Silencioso|www.mundosilenciosoblog.com.br
    @BlogMSilencioso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que dica maravilhosa Juh! Vou procurar a minissérie agora mesmo! Pois, sou fã das produções da BBC!! :D

      Excluir
  4. Eu tinha certa preguiça de Jane Eyre, mas acabei lendo para um clube do livro. Foi ótimo! Ela é realmente uma personagem forte e interessante, né?
    bjo

    ResponderExcluir

Comente, participe dos bate-papos que rolam por aqui!!