É tempo de mudar...

22.12.17

É tempo de fechar portas e abrir janelas... É tempo de encerrar relações e abrir espaço para outras. É tempo de abrir mão de coisas materiais e ir embora com uma mochila nas costas e um sorriso no rosto. É tempo de incertezas e dúvidas. É tempo de coragem e determinação. É tempo de enfrentar medos e seguir adiante.

É tempo de mudar...

Neste ano não terá nenhuma Retrospectiva Literária por aqui, pois foi o ano em que deixei os livros de lado. Não só pela falta de tempo – desculpa dos preguiçosos – mas, porque a minha cabeça ficou tão lotada com outras coisas, que os livros ocuparam um ínfimo espaço em minha vida.

Neste ano, fui para a Alemanha novamente. Não para passear, beber cerveja e comer batatas – apesar de ter feito isso também! – mas para conhecer e vivenciar o dia a dia do hospital que pretendia me contratar. Fui, vivenciei e retornei com um contrato de trabalho em mãos. Ah, e com algumas cervejas na mala!


A partir daí, começou uma fase que eu não sabia que seria tão difícil. A fase dos “pontos finais”. A fase em que me desliguei do meu trabalho, a fase em que me despedi dos meus colegas, a fase em que dei tchau aos meus poucos e selecionados amigos. A fase em que comecei a viver em mundo paralelo, o corpo no Brasil e o pensamento na Alemanha. A fase em que tive que me dedicar 100 % a aprender tentar me virar no alemão. A fase em que comecei a abrir mão de tudo o que eu havia construído até hoje. A fase em que tive que me desfazer até dos meus livros.

É estranho...

Você começa a se desfazer de tudo que tinha valor para você. O seu presente começa a se tornar o seu passado.  E as noites passam a ser sucessões de madrugadas mal dormidas.

A sua cabeça não para. Você fica pensando o tempo inteiro até a exaustão tomar conta do seu cérebro. Coisas que precisam ser concluídas em um país, coisas que precisam ser iniciadas em outro.

E ainda tem aquele turbilhão de dúvidas e inseguranças que pintam do nada... Vou me adaptar? Será que vai dar tudo certo? Será que vai dar merda? Será que vou conseguir falar alemão??

Dois anos de preparo... Dois anos de muita documentação. Dois anos em que pensei muitas vezes em desistir. Dois anos em que plantei e que agora vou colher.

O que será de mim em 2018? Não sei...
Mas de uma coisa tenho certeza... Continuarei escrevendo no blog – espero que com maior frequência – do outro lado do oceano, em meu novo lar...

Alemanha, aí vou euuuu!!!!!!!!!



4 comentários:

  1. Mas é claro q vai dar certo.
    Já está td certo pq está escrito ali em cima "aí vou eu".
    E vamos estar bem aqui torcendo por vc, lendo e te recebendo pra uma visita.
    Bjs, um abraço e aguardo um próximo post da sua vida alemã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Re!!!
      Só tenho mais dois finais de semana no Brasil. A ansiedade está grande!! Hehe!
      Beijos e feliz Ano Novo!

      Depois mando notícias da terra das batatas! :D

      Excluir
  2. Nossa, que guinada na sua vida Angélica. Desejo muito boa sorte na sua vida alemã e vamos ficar de olho no blog. Saudades dos seus posts.
    Beijos e abraços.

    ResponderExcluir
  3. Que aventura!! Fique tranquila, vai ficar tudo bem!

    ResponderExcluir

Comente, participe dos bate-papos que rolam por aqui!!